Kaluanda

Prince Wadada

In cart Not available Out of stock

Prince Wadada, retorna ao local de partida, ao sítio onde tudo  começou: a sua  Luanda natal. Talvez por isso a sua  renovação fosse inevitável. Wadada traz neste disco o dia-dia  Kaluanda tão similar ao de outras cidades Africanas cujo cerne da preocupação é universal, o corre-corre  de todos os dias, os amores anseados e não encontrados, a sobrevivência de quem não consegue viver  com seu magro salario, etc.,etc.
A Mãe, a mulher no geral, sua fonte  de inspiração, acaba por ser o ponto de partida para essas histórias retratadas harmoniosamente num misto de Reggae e Dancehall, onde, pontualmente, aparecem algumas sonoridades mais angolanas como o Semba ou kazukuta.
Esse regresso é um encontro com o passado quase distante, porém tão presente e visível, quase o obriga a construir  as músicas de forma  tão visual que mais parece um documentário cinematográfico.
Os retratos de Luanda (mundo) aqui cantados são verdades que inquietam a sua alma assim como a dos seus contemporâneos; atento como sempre, Wadada torna a alertar a sociedade para que não fomente a desigualdade tendo para o exprimir uma musicalidade ora melódica ora  densa e cortante.
Lembrando-nos o grande universo dos míticos músicos jamaicanos sua memória  e referencia  musical.
Tal como nos habituou com a  sua autenticidade, este  álbum e também um misto de crítica e  ironia social, descrito de forma simples para que todos possam compreender a mensagem nele contida.            Texto de Miguel Sermão

Read more… close
0:00 / ???
  1. 1
    0:00 / 3:53
  2. 2
    0:00 / 4:02
  3. 3
    0:00 / 3:34
  4. 4
    0:00 / 3:37
  5. 5
    0:00 / 3:34
  6. 6
    0:00 / 4:20
  7. 7
    0:00 / 3:49
  8. 8
    0:00 / 3:58
  9. 9
    0:00 / 3:45
  10. 10
    0:00 / 3:41
  11. 11
    0:00 / 3:56
  12. 12
    0:00 / 3:45
  13. 13
    0:00 / 2:56
  14. 14
    0:00 / 3:50
  15. 15
    0:00 / 3:20